“O novo líder é um facilitador, não alguém que dá ordens”

John Naisbitt

  • Você quer ter reuniões mais engajadoras e inspiradoras com seus colegas de trabalho e colaboradores?
  • Você gostaria de engajar e encantar os seus alunos ou participantes durante uma aula ou um treinamento?
  • Você pretende ajudar a resolver problemas complexos em comunidades com públicos diversos e engajando a todos?
  • Você gostaria de criar espaços de diálogo e escuta genuínos?
  • E gostaria de ter processos mais criativos que gerem inovação e energia?

Sobre o curso Crie Engajamento


Aprenda na prática a engajar colaboradores, colegas, alunos e comunidades com ferramentas e técnicas de facilitação de grupos.

Saber facilitar grupos em diálogos e processos colaborativos é uma habilidade essencial para qualquer pessoa que quer promover mudanças. Com as ferramentas adequadas, é possível capacitar e cocriar, transferir conhecimento de uma maneira inspiradora, e resolver problemas ou tomar melhores decisões por meio de processos colaborativos.

No curso Crie Engajamento, os facilitadores da Manifesto 55 trarão sua experiência e “caixa de ferramentas” para ampliar suas habilidades e conhecimentos, que o permitirão ser um melhor facilitador em grande variedade de situações, trabalhando com diversos tipos de grupos.

A quem se destina?


  • Gestores e articuladores de equipes e projetos, formais ou informais
  • Educadores, professores e instrutores – pessoas que atuam com educação e aprendizagem
  • Consultores e empreendedores que atuam em colaboração com outras pessoas (colegas, clientes, parceiros)
  • Pessoas inquietas e curiosas que buscam novas formas de resolver problemas complexos

Durante o curso Crie Engajamento você vai explorar…


Estilos de Facilitação
Entender o que é facilitação e como contribui para ambientes de aprendizagem, resolução de problemas, tomada de decisão, colaboração, cocriação, geração de ideias e inovação.

Novas habilidades
Ter maior consciência do próprio papel e potencial de facilitador, e identificar habilidades de facilitação a serem desenvolvidas, e quais as atitudes e conhecimentos a expandir, buscando o desenvolvimento de lideranças.

Dinâmica de grupos
Compreender as fases de desenvolvimento de grupos e o papel do facilitador em identificar e contribuir de forma positiva, em cada momento, para o processo do grupo e para a criação de um ambiente positivo de aprendizagem e resultados.

Ferramentas práticas
Familiarizar-se com ferramentas, métodos e truques para facilitação de grupos, com foco no diálogo e na cocriação, trazendo engajamento, empoderamento e responsabilização, através da autoconsciência, empatia e comunicação.

O poder do diálogo
Praticar novas habilidades de escuta e diálogo, e praticar como planejar, abrir, sustentar e amarrar uma sessão bem facilitada.

… E muito mais!

O programa do curso Crie Engajamento


O que significa facilitação?
Alinhamento de conceitos através de vivências, exemplos e conversas, explorando os diferentes estilos de facilitação, e suas principais aplicações: aprendizagem (treinamentos), tomada de decisões, resolução de problemas e conflitos, e geração de ideias (processos criativos).

Quem sou eu como facilitador?
Autoconhecimento e autodesenvolvimento como pontos-chave para a formação do facilitador. Consciência sobre estilos de facilitação preferidos, pontos fortes e fracos.

Quem é o meu grupo?
Como criar consciência das diferentes fases de desenvolvimento de um grupo (ao longo de um processo facilitado), e saber como o facilitador pode contribuir de forma mais eficaz a cada fase. E também como o facilitador pode observar indivíduos e necessidades específicos dentro de um grupo.

O poder de diálogo
Entender e exercitar o diálogo e a escuta como ferramentas fundamentais para engajar, empoderar e cocriar.

Como os adultos aprendem
O ciclo de aprendizagem desenvolvido por David Kolb é um modelo de extrema importância para desenvolver uma abordagem experiencial de aprendizagem, fundamental quando fala-se em aprendizagem de adultos (andragogia).

Design de sessões facilitadas
Nessa parte do curso os participantes serão divididos em grupos por temas (aplicações da facilitação), receberão dicas específicas para desenhar sessões facilitadas, e terão o desafio de planejar, preparar e facilitar uma sessão para os demais colegas, praticando tudo o que aprenderam e tendo oportunidade de receber feedbacks do grupo e dos facilitadores.

Expandindo a zona de conforto
Criando planos de ação e metas para o desenvolvimento pessoal como facilitador.

Aprendizagens e próximos passos
Ao final do curso Crie Engajamento, um momento para ancorar os aprendizados e conectar as habilidades, atitudes e conhecimentos com o nosso dia-a-dia e os desafios que enfrentamos em nossas vidas e nas nossas organizações.

Turmas abertas

Conheça os facilitadores


FLORENTINE VERSTEEG-VEDANA

Florentine Versteeg-Vedana é facilitadora e uma empreendedora social. Ela nasceu na Holanda, mas vive no Brasil desde 2009. Co-fundou a Hub Escola enquanto esteve liderando projetos no Impact Hub São Paulo. Atua há mais de 10 anos no CISV, onde passou os últimos três anos no Time de Gestão Global da ONG. Co-fundadora do Manifesto 55.

HENRIQUE VERSTEEG-VEDANA

Henrique Versteeg-Vedana é o primeiro Brasileiro já formado pela Kaospilot. Já foi presidente nacional da ONG internacional AIESEC no Brasil. Depois de 3 anos na Dinamarca, voltou ao Brasil e hoje atua em processos de cocriação, inovação organizacional e aprendizagem coletiva por todo o país. É co-fundador da Manifesto 55.